+351 21 790 8300 ext. 1496
cesem@fcsh.unl.pt

Participação em eventos científicos: Luzia Rocha

  • Apresentação de comunicação no 47th Medieval and Renaissance Music Conference 2019 (MedRen) em Basel, Schola Cantorum Basiliensis de 3 a 6 de Julho de 2019.
  • Simpósio da IMS 2019 em Lucerne, “Agency and Identity in Music “, 7-10 Julho de 2019, mediando também a sessão “Jewish Identities” com a participação dos investigadores Liran Gurkewicz, ‘Max Brod: Narratives in Jewish Music’ e Germán Gan-Quesada, ‘Echoes from Sepharad: Sephardic Music and Cultural Politics in Spain during Middle Francoism (1950s-1960s)’.
  • Ciclo de Conferências “Conversas com Música no Museu”/Cycle “Lectures with Music at the Museum”, Museu Municipal Carlos Reis, Torres Novas, 15 de Setembro às 16h. O Conversas com Música oferece ao público a possibilidade de se reencontrar no museu, revelando o seu papel enquanto lugar de debate científico e de intercâmbios artísticos. Este ciclo é organizado e dinamizado cientificamente pela Doutora Luzia Aurora Rocha, investigadora da Universidade NOVA de Lisboa (NOVA FCSH/CESEM) e consultora científica do Museu Municipal Carlos Reis e da Casa dos Patudos Museu de Alpiarça para as áreas da Música e Musicologia.
    A primeira sessão do Conversas com Música no Museu acontece já no dia 15 de setembro, às 16h, com a participação especial de Liliana Redol, fadista, e de Victor Moedas Praia, acordeonista. O tema para esta sessão é Malhoa: “Duas telas, duas canções, José Malhoa no Museu Municipal Carlos Reis e no Museu do Fado”. O Museu Municipal Carlos Reis possui nas suas colecções um retrato de um torrejano ilustre, Sebastião Dantas Baracho (1844-1921) da autoria de José Malhoa (1855-1933), parte integrante do espólio do pintor torrejano Carlos Reis (1863-1940). Malhoa foi um pintor exímio da corrente Naturalista tal como Carlos Reis. Foi também um artista que teve curiosidade de retratar tradições urbanas, como foi uma das suas obras mais populares, O Fado (1910). São duas obras com carácter muito diferenciado: uma, intimista, que visa retratar a faceta heróica de uma figura ilustre; a outra, controversa à época e, mais tarde, consagrada a nível nacional e internacional como obra representativa de um género musical (Fado), de um povo e de uma nação. Esta apresentação pretende-se provocatória, estimulante para os ouvintes, conduzindo-os para a reflexão em torno de um artista, de duas telas e de duas canções.