+351 21 790 8300 ext. 1496
cesem@fcsh.unl.pt

A carregar Eventos

« Todos os Eventos

II Seminários Interdisciplinares de Investigação Manuscritos em Diálogo

Janeiro 25 @ 16:00 - 18:30

A música nos fundos e colecções da Torre do Tombo
Maria de Fátima Ó Ramos (Arquivo Nacional da Torre do Tombo)
Breve percurso por um património que nos fala de contextos, épocas, compositores e intérpretes à espera da justa valorização. Irei apresentar os manuscritos com notação musical da coleção “Fragmentos”. Os livros litúrgicos com notação musical da livraria do “Mosteiro de Lorvão”, identificados no fundo da Torre do Tombo: missais, rituais, breviários, mistos. Os livros de cantochão do “Cabido da Sé do Funchal” e os documentos sobre órgãos e tangedores de órgãos. Manuscritos com notação musical reutilizados em encadernações. Tangedores de diversos instrumentos no século XV e XVI, mencionados em documentação já descrita. A coleção “Música”: partituras, livros litúrgicos, informação sobre composições, instrumentos, compositores e alguns intérpretes, nos séculos XVII a XIX.

Esta comunicação será apresentada em português.

Singing with light: revisiting the Ajuda Songbook
Graça Videira Lopes (IEM – NOVA University of Lisbon); Maria João Melo, Paula Nabais (Faculty of Sciences and Technology – NOVA University of Lisbon)
Um património do canto galego-português medieval, o Cancioneiro da Ajuda contém também uma série de iluminuras excepcionais. Uma caracterização completa dos materiais utilizados foi previamente discutida num número especial do Journal of Medieval Iberian Studies, permitindo obter mais informações sobre as circunstâncias da sua produção. A materialidade deste manuscrito encontra-se intrinsecamente ligada ao seu contexto económico e cultural, tornando possível apoiar o argumento apresentado por historiadores de arte e investigadores da literatura medieval de que o Cancioneiro data do final do século XIII ou início do século XIV. Destacamos também o extraordinário estado de conservação do lápis-lazúli e a presença de uma cor rosa de pau-brasil – o primeiro uso descrito deste corante na iluminura medieval. Considerando a importância destas iluminuras e os textos que as acompanham, no seu contexto ibérico (especialmente em relação às Cantigas de Santa Maria), apresentamos uma descrição dos resultados anteriores do nosso estudo, bem como uma introdução ao projeto STEMMA que permitirá comparar com cancioneiros contemporâneos occitanos e franceses assim como discutir a produção deste manuscrito e dos outros cancioneiros galego-portugueses entre os séculos XIV e XIX.

Esta comunicação será apresentada em inglês.

 

Maria de Fátima Ó Ramos: Maria de Fátima Ó Ramos: Técnica superior, Divisão de Tratamento Técnico documental e Aquisições (DTTDA). Arquivo Nacional da Torre do Tombo. Licenciada em História pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa e com o Curso de Especialização em Ciências Documentais – opção Arquivo – pela Faculdade de Letras de Lisboa. Desempenha funções como arquivista no Arquivo Nacional da Torre do Tombo, desde 1988, tendo dirigido o Serviço de Leitura e a Divisão de Aquisições e Tratamento Arquivístico. Colaborou em exposições e mostras documentais, participou em seminários e colóquios, é autora de alguns artigos. É consultora do Boletim do Arquivo da Universidade de Coimbra.

Graça Videira Lopes is a professor (now retired) and a researcher at IEM/FCSH-UNL. Her main research field is Galician-Portuguese troubadours’ songs. She was the coordinator of the database «Galician-Portuguese Medieval Songs» and she is now coordinating the new FCT’s project STEMMA on the study of medieval songbooks.

Maria João Melo is Full Professor at the Department of Conservation and Restoration of the Faculty of Sciences and Technology of the Nova University in Lisbon and a research scientist at REQUIMTE (Associated Laboratory for Sustainable Chemistry – Clean Processes and Technologies). Her current research subjects are focused on the study of colour of Portuguese Medieval Illuminations and the study of the molecules of colour in Art and Nature.

Paula Nabais is a PhD student at the Department of Conservation and Restoration, on the identification of dyes with microspectrofluorimetry, based on the study of medieval manuscripts from different ambiences. Recently she has also started working on a project funded by FCT, Polyphenols in Art, regarding the identification of the complexes of iron-gall inks and selection of natural sources for yellow dyes in Portugal.


II Seminários Interdisciplinares de Investigação
Manuscritos em Diálogo

Os seminários interdisciplinares de investigação Manuscritos em Diálogo são organizados conjuntamente pelo CESEM e pelo IEM. Estes seminários foram concebidos como eventos didácticos, com o intuito de divulgar informação útil para o estudo e descrição de diferentes tipologias de manuscritos medievais, com especial enfoque nas fontes ibéricas. Com estes seminários pretendem-se criar pontes entre académicos de diferentes domínios promovendo o diálogo entre eles.

A primeira série de seminários Manuscritos em Diálogo teve lugar no segundo semestre de 2018 na FCSH-NOVA. Os estudos apresentados abordaram assuntos relacionados com a cópia de manuscritos de cantochão, as liturgias do Ocidente e do Oriente, conservação e restauro de manuscritos medievais, e iconografia musical.

A nova série de seminários acontecerá mensalmente entre Setembro de 2018 e Janeiro de 2019. As comunicações serão apresentadas em português, castelhano, italiano e inglês. Todas as sessões são gratuitas e abertas ao público em geral.

Os seminários de investigação Manuscritos em Diálogo são organizados por Elsa De Luca e Alicia Miguelez.

Descarregar aqui o programa

 

Detalhes

Data:
Janeiro 25
Hora:
16:00 - 18:30
Categoria de Evento:

Local

Edifício I&D Sala Multisusos 2
Av. Berna 26
Lisboa, 1069-061 Portugal
+ Mapa do Google