+351 21 790 8300 ext. 1496
cesem@fcsh.unl.pt

Carlos Boaventura

COLABORADOR

Carlos Boaventura

Foto
Mestrando
carlosboaventura@me.com
Nota Biográfica:

Carlos Rocha foi orientado durante seu período universitário (UFMG) por grandes violinistas, entre eles, Prof. MD. Max Teppich e Prof. Dr. Edson Queiroz. O período pós-académico foi marcado por sua constante presença nas principais formações orquestrais de Minas Gerais. Foi professor titular por vários anos na Escola de Música de Santa Bárbara – MG e professor substituto – violino e música de câmera – na UFSJ. Em 2012, aceito para o curso de especialização em performance – violino – pelo Conservatoire de Strasbourg – França, é orientado pela Profª, Évelyne Alliaume. Em França, tem a oportunidade de tocar com maestros reconhecidos internacionalmente – Marko Lentonja, Julia Jones, Etienne Bardon, Jean-Jacques Werner. Também em Stasbourg, participa da vários masterclass com nomes importantes do cenário violinístico mundial. Entre eles é importante destacar: Alexis Galpérine, Isabelle Faust, Máté Szűcs e Amiram Ganz. Actualmente, Carlos Rocha cursa o mestrado em Artes Musicais pela Universidade Nova de Lisboa, sobre a orientação da Drª Isabel Pires, onde também se prepara à continuação de seus estudos e pesquisas em um futuro e próximo PhD.

Pós-Doutoramento/Doutoramento/Mestrado
Título Mestrado: A ansiedade e a pedagogia da performance musical: o caso do violinista
Orientação:

Isabel Pires

Resumo:

É sabido que a relação entre aluno-professor possui consequências sobre o estudo e a prática de um instrumento musical, sobre a performance musical e sobre o desenvolvimento social do estudante (Gembris et Davidson, 2002, p. 23). Porém, a frequência com que este tema é abordado e retratado por músicos e pedagogos – Flesch (1924), Galamian (1962), Suzuki (1969), Gembris et Davidson (2002), Chantal (2007), Galpérine et Haas (2013) e Hahn (2017) – e o número limitado de investigações realizadas anteriormente, principalmente em língua portuguesa, demonstram-nos que este sujeito de pesquisa ainda representa um campo vasto para discussões sobre a importância do professor ao estudo e à prática individual de um instrumento musical e à própria performance musical dos estudantes em fase inicial de aprendizado.

Palavras-chave: ansiedade, memória, pedagogia, performance e psicologia.

Grupo de Investigação:

Música Contemporânea