+351 21 790 8300 ext. 1496
cesem@fcsh.unl.pt

Diogo Alvim

MEMBRO INTEGRADO

Diogo Alvim

Foto
alvim.diogo@gmail.com
Nota Biográfica:

Diogo Alvim é compositor de música instrumental e electroacústica. Estudou arquitectura e composição em Lisboa e terminou em 2016 o doutoramento em composição/ artes sonoras no SARC, Queen’s University Belfast, financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia do Ministério da Educação e Ciência. A sua investigação: “Music through Architecture: Contributions to an Expanded Practice in Composition”, foi orientada por Pedro Rebelo e Paul Wilson. Estudou com os compositores Eurico Carrapatoso, Fumiko Miyachi, Sérgio Azevedo, João Madureira, Luís Tinoco, Carlos Caires, e António Pinho Vargas. Também participou nos Seminários de Composição da Fundação Gulbenkian pelo compositor Emmanuel Nunes. Entre 2004 e 2006 viveu e trabalhou como arquitecto em Londres no atelier Allies and Morrison, onde colaborou em projectos como a conversão do estádio do Arsenal em habitação e a recuperação do Royal Festival Hall. Apresentou trabalhos de música instrumental e electroacústica em vários eventos, de onde se destaca: os Workshops da Orquestra Gulbenkian para Jovens Compositores (2008 e 2009), Festival Música Portuguesa Hoje, com a Orchestrutopica (CCB 2008); Festival Synthèse 2009 (Bourges); Prémio Jovens Músicos 2009 (encomenda da Antena 2/ RTP); ISMIR 2012 (Porto); ICMC2012 (Lubliana); Festival Musica Viva 2013 (Miso Music); Notation in Contemporary Music (Goldsmiths University, Londres, 2013); Ibrasotope#60 (São Paulo), Invisible Places/ Sounding Cities 2014 (Viseu); Belfast Festival 2014; Sonorities Festival 2015. Tem desenvolvido colaborações com artistas plásticos e de som, coreógrafos e encenadores, entre os quais Ricardo Jacinto, Inês Botelho, Matilde Meireles e Tânia Carvalho.

Publicações:

Alvim, D. (2018), ‘As the world leaks into the work – Composition and Architecture’ a publicar na revista Organised Sound 23/1, Cambridge University Press.

Alvim, D. (2016), ‘Music Through Architecture – Towards an Expanded Practice’, in Bell, D., et. al. eds. Mind the Gap! Practice based doctoral research in the creative, media and visual arts, National College of Art and Design, Dublin.

Alvim, D. (2016), ‘Composition Beyond the Score’, in Espacios Sonoros y Audiovisuales 2014: Experimentación Sensorial y Escucha Activa, publicação das comunicações da Conferência Internacional, Universidad Autónoma de Madrid, Dezembro de 2014.

PROJECTO DE PÓS-DOC/DOUTORAMENTO/MESTRADO
Título Doutoramento: Música através da Arquitectura - Contributos para uma Pratica Expandida da Composição
Orientação:

Pedro Rebelo

Paul Wilson (c)

Referência da Bolsa: SFRH/BD/77352/2011
Resumo:

Esta é uma investigação sobre como a arquitectura pode informar, or contribuir para a prática da composição. Enquanto arquitecto e compositor, tento encontrar estratégias para a composição musical na prática e pensamento da arquitectura, recontextualizando e confrontando conceitos e metodologias de ambas as disciplinas. A minha investigação pretende expandir a pratica (e análise) da criação musical, na perspectiva que esta atravesse diferentes concepções de espaço—desde o espaço das notas, baseado na partitura, aos espaços sociais e políticos da produção, performance e recepção da música. Esta é uma investigação prática e consiste num portfolio de nove trabalhos que foram desenvolvidos numa relação dialética com estas ideias. Os trabalhos são apresentados num estrutura composta por cinco instrumentos conceptuais usados para articular música e arquitectura. Estes são: Material, Lugar, Desenho, Programa e Uso.

Grupo de Investigação:

Música Contemporânea