+351 21 790 8300 ext. 1496
cesem@fcsh.unl.pt

Hugo Paquete

INVESTIGADOR EM FORMAÇÃO

Hugo Paquete

Foto
Ver cv
Bolseiro de Investigação
paquetehugo@gmail.com
Nota Biográfica:

Mestre em Criação Artística Contemporânea pela (UA) com a tese Entropia disfuncional: noise, glitch e caos nas artes sonoras, 2014. É Licenciado em Artes Plásticas pela (ESAD.CR). Investigador no Centro de estudos em Sociologia e Estética Musical da (FCSH/NOVA-CESEM) no grupo música contemporânea. É colaborador no Centro de Estudos Avançados em Música e Cibercultura, (FCSH/NOVA-CYSMUS). Foi residente no ZKM/ Zentrum für Kunst und Medientechnologie Karlsruhe, IMA| Institute for Music & Acoustics, desenvolvendo investigação em espacialização sonora. Bolseiro Leonardo da Vince pela Universidade do Minho (UM). Bolseiro do projecto CreArt – EU cultural funds em representação de Aveiro, Portugal no Atelierhaus Salzamt, em Linz Austria. Colaborou com o artista lituano Julijonas Urbonas no projecto Talking Doors, que ganhou uma distinção em arte interativa no Festival Prix Ars Electronica 2010, uma recomendação do júri no 14th Japan Media Arts Festival (Tóquio, 2010) e uma menção honrosa no Festival Media, Live 2011 Grand Prix (Turku, Finlândia). Colaborador desde 2011 como compositor e sound design do artista Alemão Chris Zigler artista media, associado do ZKM com quem já apresentou obras a nível internacional.

Na sua investigação aborda conceitos como espaço, noise, erro, glitch como sistemas conceptuais passivos de gerar ecossistemas sonoros dinâmicos e visuais que exploram a condição pós-digital e tecnocultural. Recorre a técnicas que se movimentam entre as gravações eletromagnéticas, engenharia reversa, som modelado por recurso a informática musical, sintetizado e espacializado. Demonstra interesse pela intersecção da tecnologia e arte em contextos performativos e de instalação, onde combina processos estocásticos, gesto, e interações de programação, modelação de sinal áudio em composições e contextos instalativos e de manipuladas em tempo real.

Outras partecipações, MAD: Museum of Arts and Design’s exhibition “Sonic Arcade: Shaping Space with Sound” organizado pela Radius, New York City, (2017). IN-SONORA VII Muestra de Arte Sonoro e Interactivo (Madrid, 2016), # we The Explorers: Composição “unevenness” enviada para o espaço pela Nasa no projecto Osiris-Rex Mission que chagara ao Asteroid Bennu em 2018, (2016). Audiorama Ars Acustica 4 (Estocolmo, 2012), Journée de la création radiophonique (França e outros países, 2012), SoundGate: Kunsten Museum, Utzon Centre e Platform4 (Dinamarca, 2011), Festival Música Viva (Lisboa, 2008 e 2009), 39ème IMEB concours internationaux de Bourges, (Bourges, 2009), Zeppelin 2009, Festival Sounds of power (Barcelona, 2009), Art Tech Media 2007 (Madrid), Festival DAW 07 (Zurique). Entre outros.

Publicações:

Hugo PAQUETE, Meta-escuta: objeto-sonoro espetro, imanência-vibrátil e resto cognitivo, in Dispositivos na Prática Artística Contemporânea #2, ed. Eduarda Neves, Hugo Filipe Rodrigues Paquete, aluno do Doutoramento em Ciências Musicais, Música como Cultura e Cognição, CESEM-FSCH / NOVA, nr: 47215 | paquetehugo@gmail.comCentro de Estudos Arnaldo Araújo da CESAP/ESAP (Porto, 2015), pp. 29-59, ISBN: ISBN: 978-972-8784-72-0.

Hugo PAQUETE, Tecnocultura Sónica: Etno-tecnologia, música e Política, in Dispositivos na Prática Artística Contemporânea #3, ed. Eduarda Neves, Centro de Estudos Arnaldo Araújo da CESAP/ESAP (Porto, 2016), pp.13-31, ISBN: 978-972-878474-4.

Hugo PAQUETE, Pareidolia: Glitch-Evento, Metodologia e Espectro, in Interact Revista Online de Arte, Cultura e Tecnologia, ed. Centro de Estudos de Comunicação e Linguagens, FCSH / NOVA: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas. Universidade Nova de Lisboa (Lisboa, 2015), http://interact.com.pt/22/pareidolia/, ISSN: 2182-1402.

Hugo PAQUETE, Projecto Peenemünde: Cyberpunk, Utopia e o Pós-Digital, Mensageiros das Estrelas: Colóquio Ficção Científica & Fantasia, Universidade de Letras de Lisboa, 16-18 Novembro, 2016.

PROJECTO DE PÓS-DOC/DOUTORAMENTO/MESTRADO
Título Doutoramento: Imanências espectrais: Reflexão metamedia sobre o pós-digital nas artes sonoras
Orientação:

Isabel Pires

Resumo:

No projeto de doutoramento, desenvolvo uma investigação epistemológica, analisando um conjunto de reflexões sobre o impacto da tecnologia na cultura: filosóficas, históricas, técnicas, críticas e formais sobre práticas artísticas transdisciplinares no contexto da música e tecnocultura. Tendo como complemento o conceito de meta-media, onde contextualizo as artes sonoras e as suas variantes estilísticas numa abordagem complementar para a musicologia. Analisando criticamente referentes da música das vanguardas, New Media Art e arte e tecnologia que contribuem atualmente para conceitos e estéticas pós-digitais. Os seus efeitos na cultura, implicações políticas e relações estéticas para com novos regimes de perceção mediados pela tecnologia. Abordo também a música nas suas vertentes de significação no contexto da cultura, o som como objeto e médium, até à tecnologia e ciência como paradigma e imaginário, entre o real e o virtual, que na minha argumentação propõem um desaparecimento, “fade-out” dos regimes de perceção, por influência do contacto e massificação das tecnologias na produção artística atual e contaminação entre campos de conhecimento e possíveis modelos. Distendo estes conceitos para leituras sobre materialidade e substância, numa abordagem que potencia a Meta-Escuta de onde emergem outros campos vibracionais, planetas, galáxias, sismos, flutuações elétricas ou o possível som do quantum.

Grupo de Investigação:

Música Contemporânea

Imagens:
image_preview (1)
image_preview (2)
image_preview (3)