+351 21 790 8300 ext. 1496
cesem@fcsh.unl.pt

Joana dos Reis Freitas

INVESTIGADOR EM FORMAÇÃO

Joana dos Reis Freitas

Foto
Bolseira de Investigação
joanasofsky@hotmail.com
Nota Biográfica:

Joana Freitas completou o 8º grau de piano no Trinity Guildhall of London em 2012, e concluiu a licenciatura em Ciências Musicais na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, tendo ingressado para mestrado em Musicologia Histórica na mesma instituição.
É actualmente membro do Grupo de Teoria Crítica e Comunicação (GTCC), SociMus (Grupo de Estudos Avançados em Sociologia da Música), Núcleo de Estudos em Género e Música (NEGEM) e do CysMus (Grupo de Estudos Avançados em Música e Cibercultura), estando todos estes integrados no Centro de Estudos em Sociologia e Estética Musical (CESEM).
As suas principais áreas de interesse são a ludomusicologia e o estudo da música em videojogos, a música e sociabilidades em plataformas digitais e estudos de música e género.

Publicações:

Freitas, Joana. 2017. «“So medieval like, so gentle, so perfect”: as categorias musicais da banda sonora do videojogo The Elder Scrolls IV: Oblivion». Revista de Ciências da Computação 12 (Especial Videojogos): 65–80. ISSN: 2182-1801.

“Audio modding for immersion in The Elder Scrolls: co-criação, partilha e interacções na cibercomunidade no site Nexus Mods”, artigo no livro decorrente do Colóquio Internacional Log In, Live On: música e cibercultura na era da Internet of Things, CysMus/SociMus, CESEM, Ed. I&D, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, 7-8 de Outubro, 2016 (em preparação).

“Gender wars in videogames: a representação de protagonistas femininas em videojogos”, artigo no ebook do I Congresso Internacional de Estudos de Género em debate: percursos, desafios e olhares interdisciplinares, CIEG, Instituto de Ciências Sociais e Políticas, Universidade de Lisboa, 25-27 de Maio, 2016 (no prelo).

“Music is Coming: a música como veículo de poder em personagens femininas na série televisiva Game of Thrones”, artigo no livro decorrente da Conferência ‘Musical Trouble: After Butler…’, NEGEM/SociMus, CESEM, Ed. I&D, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, 4-5 de Dezembro, 2015 (em preparação)

PROJECTO DE PÓS-DOC/DOUTORAMENTO/MESTRADO
Título Mestrado: "The music is the only thing you don't have to mod": a composição musical para ficheiros de modificação em videojogos
Orientação:

Paula Gomes Ribeiro

Referência da Bolsa: FCSH/CESEM/EAT/00693/1 BI Licenciado, CESEM/FCT
Resumo:

A presente dissertação foca-se nos mods musicais presentes no site Nexus Mods em dois dos videojogos disponibilizados pelo mesmo: The Elder Scrolls IV: Oblivion (Bethesda Softworks 2006) e The Elder Scrolls V: Skyrim (Bethesda Softworks 2011). Através de pesquisa, levantamento de fontes e entrevistas realizadas aos compositores dos mods, pretendo demonstrar a existência de um novo modelo de produção e circulação musical online, representativo da era da cultura participativa em que se insere. Será discutido todo o processo de inserção, composição, disponibilização, partilha e visibilidade das suas composições, respectivas motivações, discursos pessoais sobre a composição de música para videojogos. Por outro lado, as perspectivas sobre o conceito de imersão musical, considerado indispensável por parte de compositores e jogadores, revelam-se particularmente pertinentes: a música neste meio e o seu estilo compositivo relaciona- se com a ideia de verosimilhança com uma determinada realidade como um aspecto primário na envolvência do jogador no universo virtual com o qual está a interagir. As intersecções entre estas componentes constroem assim um novo paradigma de composição e renegociação musical, colocando esta dimensão num patamar superior de importância e significado no meio dos videojogos e cibercomunidades associadas.

Grupo de Investigação:

Teoria Crítica e Comunicação

Linhas temáticas:

SociMus

CysMus

NEGEM