+351 21 790 8300 ext. 1496
cesem@fcsh.unl.pt

Marco Brescia

MEMBRO INTEGRADO

Marco Brescia

Foto
Bolseiro Pós-Doutoramento FCT
orsinibrescia@yahoo.com
Nota Biográfica:

Organista italiano/brasileiro radicado no Porto (PRT), Marco Brescia especializou-se na interpretação historicamente informada da música de tecla de tradição ibérica e italiana. Quer como solista, quer como continuísta, Brescia desenvolve uma expressiva carreira artística, tendo atuado em prestigiados festivais e ciclos internacionais de concerto na Europa e Américas Central e do Sul. Brescia é Mestre em Interpretação da Música Antiga/Órgão Histórico (Escola Superior de Música de Catalunya/Universitat Autònoma de Barcelona), com obtenção da “matrícula de honor”, e Doutor em Musicologia Histórica/Organologia (Universidades Paris IV – Sorbonne/NOVA de Lisboa), com obtenção da menção máxima, “très honorable à l’unanimité”. Atualmente, é investigador pós-doutoral da Fundação para a Ciência e a Tecnologia de Portugal integrado ao Centro de Estudos de Sociologia e Estética Musical da Universidade NOVA de Lisboa. É autor da edição crítica do Libro de Órgano de Melchor López (1781), publicado pelo Consorcio de Santiago em comemoração ao 800 aniversario de la Catedral de Santiago de Compostela. Marco Brescia é co-fundador do ensemble Favola d’Argo – Música, tendo igualmente colaborado com grupos de prestígio como Ministriles de Marsias. Desde 2006 forma um aclamado duo com o soprano Rosana Orsini. Organista titular do órgão histórico Almeida e Silva/Lobo de Mesquita de Diamantina (1787), é diretor artístico do Festival Internacional de Música Histórica de Diamantina (BRA) e do Ciclo de concertos de órgão: Vila Nova de Famalicão e Santo Tirso (PRT). Pelo seu trabalho em prol da salvaguarda e restituição do património organístico histórico brasileiro foi condecorado pelo Governo do Estado de Minas Gerais com a Medalha de Honra Presidente Juscelino Kubitschek.

Publicações:

Marco Brescia: “Simão Fernandes Coutinho (? – Oporto, 1797), un organero gallego en el Norte de Portugal y el órgano histórico de Tiradentes (Minas Gerais, Brasil)”, Neuma – Revista de Música y Docencia Musical, Universidad de Talca (Chile), año 9, vol. 1, 2016, pp. 72-97. [ISSN 0718-7017].

Marco Brescia (órgão) / Rosana Orsini (soprano): Angels and Mermaids: religious music in Oporto and Santiago de Compostela (18th/19th century), Arkhé Music, 2016. [CD, SPA2016001].

Marco Brescia: “Manuel de la Viña, maestro de órganos vecino de Salamanca: eslabón entre la escuela Echevarría y la organería desarrollada en el Noroeste de la Península en la primera mitad del siglo XVIII”. Musicología global, Musicología local, Madrid, Sociedad Española de Musicología, 2014, pp. 2377-2394 [ISBN 978-84-86878-31-1].

Marco Brescia (edición crítica): Libro de órgano de Melchor López (1781), Santiago de Compostela, Consorcio de Santiago, 800 aniversario de la Catedral de Santiago, 2011. [ISBN 978-84-939061-4-6].

PROJECTO DE PÓS-DOC/DOUTORAMENTO/MESTRADO
Título Pós-doutoramento: Arquitetura sonora dos órgãos sêxtuplos de Mafra à luz do seu contexto técnico, artístico, litúrgico, político e social
Orientação:

David Cranmer

Referência da Bolsa: SFRH/BPD/95084/2013
Grupo de Investigação:

Música no Período Moderno