+351 21 790 8300 ext. 1496
cesem@fcsh.unl.pt

Maria João Serrão

MEMBRO INTEGRADO

Maria João Serrão

Foto
Ver cv
Professora Coordenadora do IPL (Aposentada)
mariajoao.serrao@gmail.com
Nota Biográfica:

– Agregação, Tese “O Teatro Musical de Raiz Erudita. A Voz Contemporânea.” Universidade de Lisboa (2008).

– Doutoramento: “Constança Capdeville, entre Théâtre et Musique”, Département de “Sciences, Technologies et Esthétique des Arts – Musique”, Université de Paris VIII (1997).

– Equivalência ao Doutoramento em Ciências Musicais – Históricas pela Universidade Nova de Lisboa (1997).

– Mestrado: “Kurt Schwitters: Merz e l’Ursonate, Poesie, Voix et Musicalité”, Université de Paris VIII (1993).

– Maîtrise “Une Approche au Théâtre Musical Contemporain au Portugal. Constança Capdeville et Don’t Juan”, Université de Haute Normandie, Rouen (1992).

– Aperfeiçoamento e Virtuosidade em Canto no Conservatoire National de Musique, Genève (1976-78).

– Diploma de Canto de Concerto no Conservatório Nacional de Lisboa (1978).

– Diploma de Educadora de Infância, pelo Instituto de Educação Infantil, Lisboa (1961).

Professora Coordenadora da Àrea de Voz e Música da Escola Superior de Teatro e Cinema do IPL. Coordenadora do Mestrado em Artes Performativas, criação da variante Teatro-Música (1985-2010). Investigadora Integrada no CESEM, FCSH- UNL, desde 1996. Iniciou a actividade musical como membro co-fundador do Coro Gulbenkian (1964-76). Pertenceu ao Grupo de Música Contemporânea dirigido por Jorge Peixinho com o qual atuou em vários países europeus e em Portugal, nomeadamente nos Festivais Gulbenkian de Música Contemporânea (1978-1982). Carreira artística e pedagógica em Paris (1982-85). Publicação da Tese “Constança Capdeville, entre o teatro e a música”, Ed. Colibri, apoio do CESEM/FCT (2006). Edição da versão francesa da Tese “Constança Capdeville et le Théâtre Musical au XXème Siècle”, a convite das Éditions Universitaires Européennes, Saarbrücken (Nov.2016). Entre outras, comunicações ao Colóquio Internacional “A Voz no Palco”, organizado pelo Centro de Estudos Teatrais da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa: “A Voz e o Cérebro. Música e Teatralidade”; e “O Teatro Musical no séc.XX. Georges Aperghis” (Nov. 2016). Professora na Universidade Intergeracional UNISBEN (Benfica), regendo a disciplina “Voz e Expressões Artísticas”, em voluntariado, desde 2011. Neste âmbito dirigiu uma Aula Aberta sobre a poesia do escritor Mário Máximo que participou como “diseur” na performance final (Fev.2017).

Publicações:

– “A Voz e o Grito em Poizat et Artaud”, in Revista Alicerces, no.6, Editora Media XXI, IPL, Lisboa. Inclui um artigo de atriz/cantora e doutoranda Sara Belo sobre a minha carreira profissional nas áreas do Canto e da Voz Teatral, Nov.2016.

– “Constança Capdeville et le théâtre musical au XXème siècle. La voix contemporaine”, versão francesa da tese de doutoramento, ed. Editions Universitaires Européennes, Saarbrücken, Nov. 2016.

– Entrada Biografia de Constança Capdeville in: Enciclopédia da Música Portuguesa no século XX, dir. Salwa Castelo Branco, INET-UNL, ed. Círculo de Leitores, 2010.

– “Kurt Schwitters Merz e a Ursonate, Sonata de Sons Primitivos. Poesia, Voz e Musicalidade”, Sebentas de Teatro-Música, ed. Escola superior de Teatro e Cinema, Lisboa, 2008.

Grupo de Investigação:

Música Contemporânea