+351 21 790 8300 ext. 1496
cesem@fcsh.unl.pt

Maria José Oliveira Fernandes

INVESTIGADOR EM FORMAÇÃO

Maria José Oliveira Fernandes

Foto
Mestranda
mariafernandes-25@hotmail.com
Nota Biográfica:

Maria Fernandes é, atualmente, aluna de mestrado em Ciências Musicais, vertente Musicologia História, na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa. É licenciada em Ciências Musicais pela mesma faculdade e desde 2014 colabora com a Da Capo Revista Musical Portuguesa.

PROJECTO DE PÓS-DOC/DOUTORAMENTO/MESTRADO
Título Mestrado: A Paródia (I série) e a sua iconografia musical: as caricaturas de Rafael e Manuel Gustavo Bordalo Pinheiro
Referência da Bolsa: FCSH/CESEM/EAT/00693/3
Resumo:

A Paródia (I série) nasceu no dia 17 de janeiro de 1900, na fase final da Monarquia, em que o “rotativismo”, sistema político vigente, parecia não resolver os problemas políticos e económicos do país, e declina-se no final do ano de 1902 por razões políticas.
Ao contrário do jornal seu antecessor O António Maria, A Paródia tinha como objetivo colocar “a caricatura ao serviço da grande tristeza pública”, como surge no editorial assinado pelos Bordalo. Por outras palavras, os temas visados neste jornal dizem respeito a toda a sociedade e aos problemas a ela associados, nomeadamente os problemas políticos e o quotidiano da sociedade lisboeta, com especial ênfase no ritual operático.
Este trabalho visa essencialmente examinar as caricaturas com iconografia musical e compreender de que forma a música surge nelas, quais os modelos usados, como tinham acesso às partituras no caso de elas serem reproduzidas ou imitadas e, ao mesmo tempo, tentar depreender a relação dos Bordalo com a música, como é que esta arte influenciou personalidades tão criativas e de que modo se tornou um elemento importante na sua produção artística.

Grupo de Investigação:

Teoria Crítica e Comunicação

Linhas temáticas:

Iconografia Musical

NIM