+351 21 790 8300 ext. 1496
cesem@fcsh.unl.pt

Helder Filipe Gonçalves

COLABORADOR

Helder Filipe Gonçalves

Assistente convidado
hfmpg@ubi.pt
Nota Biográfica:

Helder Filipe Gonçalves, nasceu em Castelo Branco em 1976. No Conservatório daquela cidade terminou o Curso Complementar de Piano. Após uma passagem pela Escola de Jazz do Hot Clube Portugal, completou a Licenciatura em Composição na Escola Superior de Música de Lisboa, onde trabalhou com Christopher Bochmann, António Sousa Dias e António Pinho Vargas, entre outros. Terminou uma Pós-Graduação em Tecnologias Educativas, pela Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Lisboa, sendo formador na área das novas tecnologias para o ensino da música. Frequentou seminários de doutoramento em Ciências da Comunicação na Universidade Nova de Lisboa, onde foi orientado pelo compositor Tomás Henriques numa tese relacionada com a música acusmática em contextos audiovisuais. Após transferência de Universidade realiza presentemente o doutoramento na área do som para cinema na Universidade da Beira Interior, com a orientação do Prof. Dr. Vasco Diogo. É docente de Acústica, Orquestração e Som para Vídeo e Multimédia nos cursos de Música da ESART em Castelo Branco, docente de Som e Acústica e Design de Som nos cursos de Design Multimédia e de Cinema da Universidade da Beira Interior. Tem leccionado Análise e Técnicas de Composição nos Conservatórios da Covilhã, Fundão e Belmonte. Nas suas composições, estreadas em locais como Lisboa, Guarda, Belmonte, Covilhã, Fundão, Castelo Branco, Montemor-o-Novo ou Nancy é fácil encontrarmos intenções programáticas, assim como a influência da música para cinema e de processos estruturantes cinematográficos. Tem realizado assiduamente bandas sonoras para peças teatrais estreadas pelo Teatro das Beiras (Covilhã). Tende a valorizar a experiência do ouvinte como meio de enriquecer os resultados sonoros, metaforicamente e/ou nas relações com as imagens e a narrativa.

Publicações:

Gonçalves, H. (2014). Significação Musical: Heranças e Desafios. Revista online artciencia n.18 (ISSN 1646-3463).

Gonçalves, H. (2013). Música para cinema: Porosidade e Identidade. In Mátria XXI, nº 2, Junho de 2013, Santarém (ISSN: 2182-6544).

Gonçalves, H. (2010a). Musical signification and the definition of cinematic “spaces”: Gus Van Sant’s “Death Trilogy”. In Navickaite-Martinelli, L. (Ed.) Before and After Music. Vilnius: ISI-Umweb-Lithuanian Music Academy.

Gonçalves, H. (2009). Discurso X História ; 2000 X Un Songe – duas adaptações de Hamlet. Revista online artciencia, nº 11.

PROJECTO DE PÓS-DOC/DOUTORAMENTO/MESTRADO
Título Doutoramento: Processos Criativos no Som do Cinema Português Contemporâneo
Orientação:

Vasco Gabriel Bordalo Machado Crespo Diogo

Resumo:

A minha investigação procura perceber como hoje em dia em Portugal se aliam competências técnicas e criativas na área do som para cinema, como se processam as formações de equipas de trabalho em contextos de filmes mais “comerciais” ou  mais “autorais” e o peso que o som possui, desde a criação do guião até à pós-produção.

Grupo de Investigação:

Música Contemporânea