(+351) 217908388, Ext.: 40337/38
cesem@fcsh.unl.pt

A carregar Eventos

« Todos os Eventos

  • Este evento já decorreu.

Workshop do projecto MARCMUS – Estudos de papel de música e caligrafia em Portugal (séculos XVIII e XIX)

Fevereiro 3 @ 14:00 - 15:00 WET

MARCMUS Workshop – EXPL/ART-PER/0749/2021-PTDC 2021

Estudos de papel de música e caligrafia em Portugal (séculos XVIII e XIX): o estudo de caso do Fundo do Conde de Redondo

O projecto MARCMUS centra-se nos manuscritos musicais da colecção ainda praticamente inexplorada do 15.º Conde de Redondo, hoje guardada na Biblioteca Nacional de Portugal (BNP). Ilustre membro de uma das famílias nobres mais antigas de Portugal, José Luís Gonzaga de Souza Coutinho Castelo-Branco e Menezes (1797-1863) foi o mais notável mecenas do século XIX em Portugal; além disso era um compositor e músico praticante, especialmente proficiente na arte de cantar. Nas casas do Conde de Redondo (os Palácios de Santa Marta, em Lisboa, e a Quinta do Bom Jardim, em Belas), a música de câmara doméstica mais intimista e as sumptuosas festas religiosas, onde a música se destacava, eram ocorrências comuns. O conteúdo desta colecção musical única parece reflectir a prática musical contínua e o apoio inabalável de músicos e compositores, visto que é altamente representativa da música portuguesa de meados do século XVIII até ao final do século XIX.

Apesar de ser um reconhecido instrumento de investigação poderoso e único, a crítica de fontes musicológicas, em particular os estudos de papel e caligrafia, é uma disciplina muito negligenciada em Portugal no período considerado (séculos XVIII e XIX). As referidas características da colecção do Conde de Redondo tornam-na ideal para um estudo de caso de crítica de fontes na música portuguesa. Os resultados esperados vão lançar as bases para um Centro de Estudos de Papel de Música e Caligrafia e assim acelerar o progresso, ao mesmo tempo estabelecendo a crítica de fontes portuguesa de acordo com os padrões internacionais. O projecto visa registar sistematicamente e preservar digitalmente as marcas de água e os tipos de papel (a conjunção da marca de água e o número e tamanho das pautas desenhadas pelos rastra) dos manuscritos musicais da colecção. Também gravará as caligrafias literárias e musicais dos copistas e compositores envolvidos (pesquisas preliminares mostraram que a colecção possui um número significativo de autógrafos). A correspondente página online do projecto permitirá o acesso gratuito às bases de dados correlacionadas resultantes (marcas de água/tipos de papel e caligrafias). A base de dados de marcas de água e tipos de papel também estará disponível no Bernstein Project: the Memory of Paper, o maior projecto internacional de seu tipo (em 10 idiomas), que inclui 50 colecções e mais de 264.000 marcas de água pesquisáveis (www.memoryofpaper.eu).

Este workshop, que conta com a colaboração de alguns destacados especialistas nacionais e internacionais, pretende introduzir estas negligenciadas disciplinas aos participantes do MARCMUS e a todos os interessados em estudos de papel e caligrafia.

Ver programa aqui

Inscrições abertas até 1 Fevereiro aqui: marcmus.cesem@gmail.com


3 Fevereiro 2022, 14h – Sessão 1 (Zoom):
Seminário Permanente de Investigação do CESEM, António Jorge Marques (MARCMUS; CESEM)

Detalhes

Data:
Fevereiro 3
Hora:
14:00 - 15:00 WET
Categoria de Evento:

Local

Colégio Almada Negreiros
Campus de Campolide
Lisboa, 1099-032 Portugal
+ Mapa do Google