(+351) 918832027/20
cesem@fcsh.unl.pt

Cecília Valentim

COLABORADOR

Cecília Valentim

Música/ Psicologia Social
artedosercantante@gmail.com
Nota Biográfica:

Cecília Valentim é Cantora, terapeuta e educadora vocal. Doutoranda em Psicologia Social pelo Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo. Mestre em Psicologia Social pelo Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo. Graduada em Música/Canto pela Faculdade de Artes Santa Marcelina. É membro do LAPA – Laboratório de pesquisas em Psicologia da Arte e do Grupo de Estética Social (USP/CNPq). Na Inglaterra, especializou-se em Música Antiga com Emma Kirkby e Evelyn Tubb, com bolsa cedida pelo British Council. Na Espanha, especializou-se em Música antiga com Jordi Savall e Montserrat Figueiras. É formada em diferentes linhas da Psicoterapia Corporal como Análise Bioenergética e Biossíntese. É lider das Danças da Paz Universal. Pioneira no Brasil e inovadora na Arte do Canto como caminho de transformação pessoal e expressão, criou a abordagem A Arte do Ser Cantante e, com ela, desenvolve diversas atividades em seu próprio espaço, instituições e empresas, tanto individualmente como em grupos. Há mais de 30 anos vem aprimorando e realizando seu trabalho como artista, terapeuta e educadora em diferentes lugares no Brasil e exterior.

Publicações:

COELHO, Cecília M. V. T.; ANDRIOLO, Arley. A potência revolucionária do alargamento da sensibilidade por meio da arte. Revista Santa Rita, Faculdade Santa Rita, São Paulo (SP), ano 12, n. 24, dez. 2017b, pp. 48-54. ISSN: 1980-1742.

COELHO, Cecília M.V.T. A experiência estética tecida pelo canto no processo social: sensibilidade, tempo e pertencimento. Dissertação de Mestrado (Psicologia Social). Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, 2017.

Pós-Doutoramento/Doutoramento/Mestrado
Título Doutoramento: A Comunidade Estética constituída pelo canto no processo social: Rito, Celebração e Pertencimento
Orientação:

Arley Andriolo

Resumo:

A pesquisa “A Comunidade Estética constituída pelo canto no processo social: Rito, Celebração e pertencimento”, tem como propósito compreender, dentro do campo da Estética Social, de que forma e em que medida a prática do canto em conjunto pode constituir um campo estético que possibilite ultrapassar diferenças, acolher distinções, integrar valores e fortalecer um sentimento de pertencimento a uma comunidade que emerge a partir de uma experiência sensível compartilhada no processo social. O conceito fundamental da investigação é “comunidade estética”, desenvolvido a partir da fenomenologia de Arnold Berleant (1997), professor Emérito de Filosofia na Long Island University (EUA) e ex-presidente da International Association of Aesthetics, cuja filosofia articula o conceito de engajamento com a revisão da noção de ambiente desde a década de 1990. O método adotado será pautado na fenomenologia e no método fenomenológico, em especial naquele que vem sendo desenvolvido pelo LAPA, Laboratório de Pesquisa em Psicologia da Arte do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo. Será constituído um campo de pesquisa que fornecerá os dados para a análise e compreensão do estudo proposto. Dele, emergirão as categorias que fundamentarão a sistematização teórica.

Grupo de Investigação:

Educação e Desenvolvimento Humano