Roberto Oliveira Ogando

Roberto Oliveira Ogando

Nota Biográfica:
Artista multidisciplinar especializado em percussão contemporânea, completou seus estudos de licenciatura no Conservatorium Koninklijk, Hogeschool van Beeldende Kunsten, Muziek en Dans na Haia, Holanda. Continua seus estudos de “master in music performance” na Royal Irish Academy of Music em Dublin, Dublin City University (DCU) na Irlanda, obtendo a distinção “First Class Honors”. Ao longo de sua carreira realizou concertos como solista, com conjuntos contemporâneos e orquestras sinfônicas, participando em diversos festivais nacionais e internacionais. Premiado na quinta edição dos Prémios Martín Códax da Música, tem três gravações a solo “Pparafusxo” (2010), “Diáspora, novas músicas de aqui e de acolá” (2017) e “Argana, estrutura rítmica espinal” (2020) . Empenhado na preservação e divulgação da música galega contemporânea, tem feito apresentações baixo os títulos: «Catalogação e digitalização da coleção Macías: Descrição dos materiais, problemas de digitalização e processos de catalogação da coleção familiar de Enrique X. Macías», e «Música Eletroacústica na Galiza: primeiras manipulações sonoras de Enrique X. Macías (1974-1980)». Co-fundador de ONME Gestión Cultural SL, atualmente é doutorando na Faculdade de Xeografia e História da Universidade de Santiago de Compostela (USC), onde está a escrever a sua tese «Processos estruturais electroacústicos em Enrique X. Macías» sobre a figura do compositor galego.