(+351) 918832027/20
cesem@fcsh.unl.pt

Grupos e compositores portugueses de música contemporânea: preservação do património colectivo

O projecto do CESEM “Grupos e compositores portugueses de música contemporânea” pretende digitalizar, estudar e conservar colecções de alguns compositores e grupos musicais importantes dos últimos 30 anos do século XX, cuja documentação se encontra dispersa e/ou nunca foi tratada. Este projecto tem vindo a ganhar relevância visto que muitas das obras dessa época são experimentais em vários aspectos (comportando instrumentos e artefactos não convencionais, improvisação, electrónica, etc.), e estando a sua documentação dispersa, sendo inconsistente ou encontrando-se perdida, novas execuções destas obras musicais tornam-se inviáveis.

O principal objectivo é por isso tornar acessíveis documentos, gravações e partituras, mantendo vivo e valorizando este importante património da Música Contemporânea Portuguesa, permitindo assim que académicos, músicos ou outros interessados possam aceder, estudem e reinterpretar obras deste relevante período .

Para atingir este objectivo, têm sido feitos protocolos de colaboração entre a Universidade NOVA e os proprietários das colecções (herdeiros ou outros responsáveis por este património, sejam eles privados e institucionais).

É necessária uma de uma pesquisa exaustiva de forma a reunir os documentos dispersos, nomeadamente aqueles que se encontram posse de músicos, intérpretes ou outros participantes na estreia das obras. É igualmente necessário encontrar os participantes e discutir com eles estratégias colaborativas para aceder aos documentos assim como para obter informações adicionais a respeito das obras. Este é um trabalho conduzido por investigadores do Grupo de Investigação em Música Contemporânea (GIMC) do CESEMs, com a colaboração de alunos e estagiários do Departamento de Música.

O projecto está actualmente a trabalhar nos materiais das colecções dos compositores José Lopes e Silva e Constança Capdeville, mas também dos grupos Quadrifonia, Opus Ensemble e ColecViva. As colecções incluem manuscritos, notas pessoais e esboços, gravações, fotos, entre outros. O trabalho de documentação, digitalização e registo é realizado, no LIM (Laboratório de Informática Musical do CESEM). Após ser tratadas, e de acordo com as especificações de cada protocolo, as colecções serão devolvidas aos seus proprietários ou, em casos particulares, serão depositadas na Biblioteca Nacional de Portugal.


Equipa

Isabel Pires (IP)

Filipa Magalhães (co-IP)

Carolina Martion (Mestranda)

 

Membros anteriores da equipa (licenciandos em estágio)

1. Beatriz Amaral 2020-21 (1º Sem.)

2. Edgar Freire 2020-21 (1º Sem.)

3. Adriana Margarida de Jesus Lopes 2019-20 (1º Sem.)

4. Carolina Pacheco Alves 2019-20 (1º Sem.)

5. Rafaela da Silva Cavaco 2019-20 (1º Sem.)

6. Samuel Alexandre Fernandes Martins 2019-20 (1º Sem.)

7. Carolina Martins 2018-19 (2º Sem.)

8. Mariana Marques Pedrosa 2018-19 (2º Sem.)